A Incrível história (da moda) de Adaline

The-Age-of-Adaline-period-posters (1)

A Incrível história de Adaline Adaline Bowman (Blake Lively) nasceu na virada do século XX. Ela tinha uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela, milagrosamente, não consegue mais envelhecer, se tornando um ser imortal com a aparência de 29 anos. Ela vive uma existência solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado. Mas ela conhece o jovem filantropo, Ellis Jones (Michiel Huisman), um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.

Diretor:Lee Toland Krieger

Figurinista: Angus Strathie, ganhador do Oscar por Moulin Rouge(em conjunto com Catherine Martin)

[Pode ter uns spoilers daqui para a frente]

    O figurino, desenvolvido por Angus Strathie, ganhador do Oscar por Moulin Rouge ( no qual trabalhou com Catherine Martin) foi produzido junto com a Gucci e é cheio de referências históricas e silhuetas icônicas. A cada lembrança de Adaline, o filme faz um retorno visual na história da moda. Suas roupas são representativas da sua vida, uma mulher normal e não um editorial ambulante. Ela pode não parecer, mas é uma senhora discreta com mais de 100 anos.

TheAgeofAdalinePic04.jpg_cmyk

     Blake Lively também deu sugestões na composição do figurino, por exemplo no uso frequente de golas altas. Esse detalhe aumenta a imagem conservadora e fechada da personagem que está sempre em fuga. Para se misturar na multidão ela usa bastante uma cartela com cores outonais, como verde, marrons, bege e cores escuras.

    Em uma das sequências mais importantes do filme, a vemos olhando para uma foto sua, no mesmo lugar, num baile de ano novo, com o mesmo vestido, mas durante a década de 40.

Adaline-1945        O vestido é longilíneo, de veludo e com uma insinuação de ombreiras. Os pontos fortes da silhueta mais popular da década de 1940. Na primeira impressão dá para achar que o vestido é muito decotado e que ninguém naquela época usaria uma roupa assim. Strathie porém, afirmou em entrevistas que existiam recortes mais ousados nessa época. O passado não era só conservadorismo, gente. Lauren Bacall não me deixa mentir.

Blake-Lively-red-velvet-dress-party-Age-of-Adaline

5d449d4c05b80cfecb9af3593efb1529

    Entretanto, esse lindo vestido não é o comum para ela. Esse momento de glamour é um dos poucos no filme. A peça ajuda a reforçar sua “inadequação” com seu ambiente. O que traz a estranheza são as silhuetas usadas por ela. O ar retrô faz com que ela seja destaque, mas não muito por que sua cores são calmas, sem misturam com a natureza. Adaline não se veste de acordo com sua idade externa e nem o que uma pessoa mais velha usaria hoje em dia. Como o filme não é um documentário de história, a representação das peças não foi literal e não o vintage não é um estilo para Adaline, é sua vida.

The-Age-of-Adaline-fashion-5  Visualmente, não existem peças modernas, hipsters ou qualquer coisa que tragam Adaline para o presente. Ela se reinventou junto com a moda, mas chegou um momento no qual seu estilo sobressaiu às tendências do momento. O vestuário dela mostrou que assim como as pessoas que vivenciaram o auge daquelas roupas não existiam mais, ela também não deveria mais existir.

Não existem iguais para Adaline.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s